An&aacute;lise de viabilidade econ&ocirc;mica de sistemaconvencional e sistema com uso de telado na produ&ccedil;&atilde;o deameixa (<em>Prunus domestica</em>), em condi&ccedil;&otilde;es de risco de granizo,na regi&atilde;o de Botucatu-SP

Autores

  • Alexandre Bochichio Kurosaki FCA/UNESP
  • Luis Alfredo Rauer Demant FCA/UNESP
  • Maura Seiko Tsutsui Esperancini FCA/UNESP

DOI:

https://doi.org/10.15361/1984-5529.2007v35n1p1%20-%209

Resumo

A região de Botucatu, de clima ameno, tem-se mostrado propícia em termos de temperatura ao cultivo de variedades precoces de ameixa, o que explica sua introdução na região. Por outro lado, uma das limitações para a produção de ameixa nesta região é a alta incidência de granizo, de intensidade severa. O objetivo deste trabalho foi comparar a viabilidade econômica do sistema com uso de telado na produção de ameixa, comparativamente ao sistema convencional de produção em três níveis de severidade e de danos causados à produtividade pelo granizo. Para comparar a atratividade dos investimentos, foram determinados os seguintes indicadores: Valor presente líquido (VPL), Taxa interna de retorno (TIR), Valor anual equivalente (VAE), Relação benefício-custo (RBC) e Payback Econômico (PBE). Os resultados mostraram que os melhores indicadores foram obtidos para o sistema convencional em situações de menor severidade deste evento climático. Na região de Botucatu, onde a incidência de granizo é severa, é compensadora a adoção do sistema com uso de telado, em relação ao sistema convencional. Conclui-se que, em regiões de risco elevado de perdas de produtividade por granizo, o uso de telado é bastante compensador, mas exige elevada capitalização do produtor. Palavras-chaves adicionais: cultura da ameixa; sistemas de produção; viabilidade econômica.

Edição

Seção

Melhoramento Genético Animal - Animal Breeding