Variabilidade e correlações entre produtividade de grãos e caracteres agronô

Autores

  • Ivana Marino Bárbaro APTA - SAA
  • Maria Aparecida Pessôa da Cruz Centurion Faculdade
  • Antonio Orlando Di Mauro Faculdade
  • Sandra Helena Unêda-Trevisoli Faculdade
  • Marcelo Marchi Costa Faculdade
  • Franco Romero Silva Muniz Faculdade
  • Gustavo Dias da Silveira Faculdade
  • Daniela Garcia Penha Sarti Faculdade

DOI:

https://doi.org/10.15361/1984-5529.2007v35n2p136%20-%20145

Resumo

O presente trabalho teve como objetivo estimar parâmetros genéticos em caracteres agronômicos, de populações de soja, para identificação da população mais promissora em termos de ganho de sele­ção. Foram avaliadas sete populações de soja nas gerações F4 e F5, em duas safras consecutivas (2002/03 e 2003/04). O delineamento experimental utilizado foi o de famílias com testemunhas inter­caladas. Foram observadas diferenças significativas entre as famílias. A população representada pelo cruzamento FT-Cometa x IAC-8 mostrou-se a mais promissora em relação ao caráter produtividade de grãos, conforme observado pelos maiores valores dos coeficientes de herdabilidade, pela regres­são pai-filho e em nível de indivíduo. Devido às altas estimativas de correlação observadas entre pro­dutividade de grãos e número de sementes, sugere-se o uso do caráter número de sementes na se­leção indireta para produtividade de grãos. Palavras-chave adicionais: herdabilidade; genótipos; seleção; Glycine max.

Biografia do Autor

Ivana Marino Bárbaro, APTA - SAA

Pesquisadora Científica III Dra. na área de Graos - Fitotecnia e Exploração Vegetal da APTA - AGENCIA PAULISTA DE TECNOLOGIA DOS AGRONEGÓCIOS DA ALTA MOGIANA, UNIDADE EXPERIMENTAL - POLO REGIONAL DA ALTA MOGIANA, SITUADO EM COLINA

Edição

Seção

Melhoramento Genético Animal - Animal Breeding