Desenvolvimento vegetativo de <em>Brassocattleya pastoral </em>‘Rosa’ e <em>Miltonia regnelli</em> Rchb.f. X <em>Oncidium crispum </em>L. (Orchidaceae) em substratos alternativos à fibra de xaxim

Autores

  • Jorge Kaoro Yamakami ssss
  • Ricardo Tadeu de Faria
  • Neuza Maria Colauto Stenzel

DOI:

https://doi.org/10.15361/1984-5529.2009v37n1p32%20-%2038

Resumo

O presente trabalho teve como objetivo avaliar substratos alternativos à fibra de xaxim no cultivo de dois híbridos de orquídeas: Brassocattleya pastoral ‘Rosa’ e Miltonia regnelli Rchb.f. x Oncidium cris­pum Lodd. Os tratamentos analisados foram: T1 - xaxim desfibrado; T2 - fibra de coco; T3 - casca de Pinus + fibra de coco; T4 - casca de arroz carbonizada + fibra de coco; T5 - fibra de coco + carvão vegetal; T6 – casca de arroz carbonizada, e T7 – casca de Pinus + fibra de coco + carvão vegetal. Os parâmetros avaliados após dois anos do início do experimento foram: massa fresca total; altura da parte aérea; número de pseudobulbo; número de brotações; número de flores; volume radicular; vo­lume remanescente do substrato; potencial hidrogeniônico,eacondutividadeelétrica.O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado, com 10 repetições por tratamento. Os dados foram sub­metidos à análise de variância, complementados pelo teste de Tukey, a 5% de significância. A casca de arroz carbonizada apresentou-se como substrato alternativo ao xaxim para as orquídeas Brasso­cattleya pastoral ‘Rosa’ e Miltonia regnelli x Oncidium crispum.

 

Palavras-chave adicionais: Ochidaceae; Dicksonia sellowiana; casca de arroz carbonizada; fibra de coco; casca de Pinus.

Publicado

14/10/2009

Edição

Seção

Melhoramento Genético Animal - Animal Breeding