Estrutura da comunidade arbórea de um remanescente florestal localizado em Taquaritinga, Estado de São Paulo, Brasil

Autores

  • Nicole Maria Marson Donadio xxx
  • Rinaldo César de Paula
  • João Antônio Galbiatti

DOI:

https://doi.org/10.15361/1984-5529.2009v37n2p77%20-%2088

Resumo

O objetivo deste trabalho foi realizar o levantamento florístico e descrever a estrutura da comunidade arbórea de um remanescente florestal de 8,17 ha, localizado na região de Taquaritinga-SP. Foram alo­cadas 36 parcelas de 10 m x 10 m, para amostrar os indivíduos arbóreos com diâmetro à altura do peito (DAP) ³ 5 cm. Foram encontradas 53 espécies, pertencentes a 47 gêneros, distribuídos em 27 famílias botânicas, com índice de diversidade (H') de 3,16 e equabilidade (J) de 0,56. As famílias Meliaceae, Fabaceae-Caesalpinioideae e Fabaceae-Faboideae apresentaram maior riqueza em espécies. Guarea guidonia, Alchornea triplinervia, Miconia cinnamomifolia, Nectandra megapotamica, Schizolobium parahyba e Albizia niopoides destacaram-se como as espécies de maior valor de im­portância. A distri­buição diamétrica e de altura, revelou uma comunidade em regeneração com a maioria dos indivíduos com até 15,0 cm de DAP e distribuídos entre 7 e 14,9 m de altura e com esto­ques de jovens tanto das espécies pioneiras como secundárias podendo garantir o futuro da comuni­dade. Em termos sucessio­nais, a área estudada encontra-se em uma condição jovem.

 

Palavras-chave adicionais: florística; fitossociologia; diversidade arbórea.

Edição

Seção

Melhoramento Genético Animal - Animal Breeding