Cinética de absorção com doses de fósforo e fungos micorrízicos arbusculares em Nicotiana tabacum

Autores

  • José Ozinaldo Alves de Senna
  • Ronaldo Stefanutti
  • Riviane Maria Albuquerque Donha
  • Elke Jurandy Bran Nogueira Cardoso

DOI:

https://doi.org/10.15361/1984-5529.2014v42n3p294-298

Resumo

Do ponto de vista nutricional, as micorrizas arbusculares estão envolvidas em mecanismos que aumentam a absorção de nutrientes, como o fósforo. Com o objetivo de se estudar a cinética de absorção de P por plantas de tabaco micorrizadas, instalou-se experimento em casa de vegetação usando Nicotiana tabacum como planta-teste, sem inoculação (controle) e com espécies de fungos micorrízicos arbusculares (Glomus intraradices e Gigaspora margarita), além de duas doses de P (40 e 120 mg kg-1) e o tratamento-controle. Para o estudo de cinética de absorção, foram usadas raízes destacadas e quatro concentrações externas de P, em mol L-1 (2.10-2; 2.10-4; 2.10-6 e 2.10-8). As soluções obtidas por digestão nitroperclórica foram levadas para contador de cintilação líquida, e as contagens, ao final, expressas em µmol de 32P por grama de matéria seca de raiz e por 120 minutos. Os sistemas micorrízicos foram influenciados pela adubação fosfatada, pois o Km e Vmáx. sofreram alterações, variando a intensidade deste efeito em função da espécie de FMA. Plantas colonizadas com G.intraradices mostraram-se com maior capacidade de absorção de P em condições de baixa disponibilidade, porém menos responsivas ao incremento do elemento no meio.

Publicado

12/09/2014

Edição

Seção

Solos e Nutrição de Plantas - Soils and Plant Nutrition