Vigor test in Dimorphandra wilsonii seeds depending on soaking and electrical conductivity

Autores

  • Miele Tallon Matheus Universidade Federal do Espírito Santo
  • Allan Rocha de Freitas Universidade Federal do Espírito Santo
  • José Carlos Lopes Universidade Federal do Espírito Santo Centro de Ciências Agrárias Departamento de Fitotecnia
  • Rodrigo Sobreira Alexandre Universidade Federal do Espírito Santo

DOI:

https://doi.org/10.15361/1984-5529.2015v43n4p396-399

Resumo

The objective of this work was to study the physiological quality of seed lots of Dimorphandra wilsonii as a function of soaking and electrical conductivity. The water content of seeds, germination rate, and the germi­nation  index for the characterization of the initial seed quality and the electrical conductivity test were evalu­ated, for which two volumes of deionized water solution (75 were tested and 100 mL) and three different residence times in the seed solution (24, 48 and 72 hours). The soaking periods showed no statistical differ­ences, and use the solution with 75 mL for a period of 24 hours, associated with the germination test was able to separate plots with different levels of force, showing the superiority of lot 1 in relation to lots 2 and 3.

 

Additional keywords: faveiro-de-wilson; germination; membrane integrity; vigor.

Biografia do Autor

Miele Tallon Matheus, Universidade Federal do Espírito Santo

In memoriam

José Carlos Lopes, Universidade Federal do Espírito Santo Centro de Ciências Agrárias Departamento de Fitotecnia

JOSÉ CARLOS LOPES concluiu o doutorado em Ciências Biológicas (Fisiologia) pela Universidade Estadual de Campinas em 1990. Atualmente é Professor Associado IV da Universidade Federal do Espírito Santo. Publicou 104 artigos em periódicos especializados 2 livros, 14 capítulos de livro e 457 trabalhos em anais de eventos. Participou do desenvolvimento de 54 produtos tecnológicos. Participou de 60 eventos no Brasil. Orientou 15 e co-orientou 07 dissertações de mestrado, 12 monografias de especialização, 20 de gradução, uma de apoio tecnico CNPq, 2 estágios de aperfeiçoamento e 153 trabalhos de iniciação científica na área de Agronomia e Ciência Florestais. Recebeu 11 prêmios e/ou homenagens Atualmente coordena 18 projetos de pesquisa. Atua na área de Agronomia e Ciências Florestais, com ênfase em Biotecnologia e Ecofisiologia do desenvolvimento, e Fisiologia e bioquímica de sementes e de Plantas Cultivadas. Em suas atividades profissionais interagiu com 523 colaboradores em co-autorias de trabalhos científicos

Publicado

01/10/2015

Edição

Seção

Produção e Tecnologia de Sementes - Seed Science and Technology