Efeito da bagana de carnaúba nos atributos microbiológicos, umidade e temperatura do solo

Autores

  • Célia Ribeiro do Nascimento
  • Anderson Chaves Rodrigues
  • Francineuma Ponciano de Arruda
  • Ricardo Silva de Sousa
  • Luís Alfredo Pinheiro Leal Nunes

DOI:

https://doi.org/10.15361/1984-5529.2021v49n4p174-182

Resumo

O resíduo resultante da extração da cera da folha da carnaúba, conhecido como bagana de carnaúba, e ocasionalmente é utilizado como adubo orgânico, mas pouco se conhece o melhor modo de aplicação e sua relação com adubação mineral. O objetivo do trabalho foi verificar o efeito da aplicação superficial e a incorporação da bagana de carnaúba associada a adubação NPK sobre os atributos microbiológicos, temperatura e umidade do solo. O delineamento experimental foi em bloco casualizado constituídos de seis tratamentos e quatro repetições para plantio de milho (Zea mays). Os tratamentos foram: a) aplicação superficial de 8 Mg ha-1 bagana de carnaúba; b) incorporação de 8 Mg ha-1 bagana de carnaúba; c) aplicação superficial de 8 Mg ha-1 bagana de carnaúba + NPK, d) incorporação de 8 Mg ha-1 bagana de carnaúba + NPK, e) Aplicação de NPK e, e) controle onde não ocorreu qualquer adubação. Foram coletadas amostras do solo das parcelas, após colheita do milho, para avaliar o carbono da biomassa microbiana (CBM); respiração basal (RB); quociente microbiano (qMIC), quociente metabólico (qCO2) e o carbono orgânico total (COT). Durante o experimento foram realizadas coletas de solo para determinação da umidade e temperatura. Os tratamentos que receberam adição de bagana de carnaúba indicam um maior incremento de COT. A aplicação da bagana de carnaúba em superfície associada a adubação NPK contribuiu com o aumento das médias do CBM e qMIC. Os tratamentos com incorporação de 8 Mg ha-1 de bagana de carnaúba e testemunha evidenciaram um maior quociente metabólico. A bagana da carnaúba aplicada na superfície do solo contribuiu para a manutenção de uma maior umidade e menor temperatura no solo. Por meio de análise multivariadas, foi possível verificar que a utilização bagana de carnaúba em superfície isolado ou associado ao NPK mostraram os melhores resultados com relação ao carbono microbiano, carbono orgânico e umidade do solo.

Publicado

15/02/2022

Edição

Seção

Solos e Nutrição de Plantas - Soils and Plant Nutrition