Avaliação de dano de Spodoptera frugiperda (j. e. smith, 1797) (Lepidoptera: Noctuidae) em cultivares de milho

Autores

  • Rogério Farinelli xxxxxxxxxxxx
  • Domingos Fornasieri Filho .

DOI:

https://doi.org/10.15361/1984-5529.2006v34n2p197%20-%20202

Resumo

O objetivo do trabalho foi avaliar os danos foliares de Spodoptera frugiperda em cultivares de milho, em duas épocas de cultivo na FCAV/UNESP, câmpus de Jaboticabal, utilizando-se de uma escala de notas visuais nos estádios de 4; 8 e 2 folhas desenvolvidas. O delineamento empregado foi o de blocos casualizados, em esquema de parcelas subdivididas, onde as parcelas foram constituídas por 25 cultivares e as subparcelas pela presença e ausência de controle químico da praga, com três repetições. A aplicação de inseticida promoveu redução dos danos foliares na safrinha e na safra. No estádio de 2 folhas na safrinha, e 4 folhas na safra, as cultivares mais atacadas foram Z 8420, BRS 30 e XB 702 (safrinha), e DKB 440 e AG 9090 (safra), apresentando folhas rasgadas na região do cartucho. E na safra, sob a presença de controle químico, a cultivar BRS 30 foi a menos atacada pela lagarta-do-cartucho.Palavras-chave adicionais: lagarta-do-cartucho; dano foliar; estádios de desenvolvimento; Zea mays L.

Edição

Seção

Zootecnia - Animal Production