Desenvolvimento de plantas de girassol ornamental (Helianthus annuus L.) em vasos, em dois substratos com solução nutritiva e em solo

Autores

  • Monica Bernardo Neves
  • Salatiér Buzetti
  • Regina Maria Monteiro de Castilho
  • Carmen Sílvia Fernandes Boaro

DOI:

https://doi.org/10.15361/1984-5529.2005v33n2p127%20-%20133

Resumo

Uma das muitas utilizações do girassol (Helianthus annuus L.) é o aproveitamento de sua bela inflorescência no mercado de flores, o que tem garantido à espécie grande espaço na floricultura, nos últimos anos. Foi realizada pesquisa da viabilidade da produção de girassol ornamental, cultivar Sunbright, em solução nutritiva, comparando-o com o cultivo convencional em vasos com solo. O sistema foi de hidroponia com subirrigação, testando dois substratos, brita e sílica, e vasos com solo, em ambiente protegido. Foram determinados altura das plantas, comprimento e diâmetro das hastes, diâmetro das inflorescências, número de folhas, área foliar e massa de matéria seca das lâminas foliares, de hastes + pecíolos, de raízes e de inflorescências, quando existentes. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado, com cinco repetições e três plantas por parcela, em fatorial 0x3, ou seja, 0 épocas de colheita e 3 substratos. Os resultados foram submetidos à análise de variância, e as médias, comparadas pelo teste de Tukey e por regressão polinomial, utilizando-se do nível de 5% de significância. Verificou-se que as plantas tiveram um crescimento excessivo para a comercialização em vasos, podendo ser utilizadas como flor de corte; as inflorescências obtidas nos três substratos testados foram viáveis para a comercialização.Palavras-chave adicionais: floricultura; plantas ornamentais; hidroponia.

Publicado

16/04/2008

Edição

Seção

Zootecnia - Animal Production